Angina

O que é Angina Pectoris?

      Refere-se como Angina, a qualquer tipo de dor situado na caixa toráxica, ou melhor dizendo dores de qualquer origem e intensidade localizado na parte anterior ou dorsal ( nas costas ) do toráx, sendo esta última pode ser confundida com patologias da coluna.
  Toda dor anginosa significa ameaça de Infarto ou doenças do coração?
     Não, não necessariamente, pois podemos classificar as dores no peito em dois grupos:
        a) Angina de origem Cardíaca
        b) Angina de origem não cardíaca.
     Dessa forma, a princípio as dores anginosas situado no peito são semelhantes, mas algumas características e peculiaridades os diferenciam uma das outras. Por exemplo uma gastrite, esofagite, hérnia hiatal, podem causar dores no peito principalmente na região retroesternal ( meio do peito ) , os quais são semelhantes a dor de angina origem cardíaca. Outro exemplo como bronquite, asma pneumonia, neuralgia intercostal, inflamação do seios, patologias da coluna, podem simular dores no peito semelhante a angina cardíaca.

- Como posso então, diferenciar Angina de origem Cardíacas das não cardíacas?
     A princípio para os leigos, esta tarefa é muito difícil de ser feito com precisão. Diferenciar esta dores anginosas uma das outras exige muita observação e paciência. Qualquer dúvida procure um cardiologista ou médico para seus esclarecimentos..
     Mas básicamente podemos enumerar alguns sinais e Sintomas que são úteis para orientação descritos a seguir.

- Quais são os sinais e sintomas da Angina de origem Cardíaca?
     Podemos enumer as principais manifestações de dores Anginosas de origem cardíaca:
        Dor no peito situado no meio em peso ou opressão ou em pontada
        - Dor no lado esquerdo do peito com irradiação para o braço superior esquerdo e ou para ombro esquerdo.
        - Dor atingindo toda a face anterior do peito com ou sem irradiação para ombros, braços e prega do cotovelo.
        - Dor isolado em peso ou opressão na região dorsal (costa)
        - Dor no peito aos esforços mínimos.
        - Dor abrupto na face anterior do pescoço (pomo de Adão)
        - Dor na "boca de estômago" principalmente após esforço ou emoção, ou stress.
        - Dor inicio abrupto na região da mandíbula ( queixo)
        - Dor situado em ambos os braços e ou ombros sem motivo aparente.
        - E principalmente, todos os sintomas acima, acompanhado de mal estar indefinido repentino, com ânsia de vômito, tontura, fraqueza geral abrupto, com sudorese fria (roupa ensopada ).
        - Portanto com este pequeno Guia, o leigo poderá suspeitar de que algo de grave está para acontecer, se por ventura surgirem estes sintomas, procure o médico ou um pronto socorro mais perto, para que seja feito o diagnóstico mais preciso e de certeza, evitando as complicações que podem surgir.

- Porque a Angina de origem cardíaca provoca dor?
     A dor anginosa de origem coronariana ela é causada pela presença de isquemia no músculo cardíaco, ou em outras palavras, a falta total ou parcial do fluxo sanguíneo nas coronárias e conseqüentemente de oxigênio irão estimular as terminações nervosas do plexo cardíaco, provocando a dor característica de Angina.

- O que é exatamente Isquemia?
     Isquemia em termos médicos, significa falta de oxigênio em qualquer parte de órgão ou tecido de um ser vivo. Como o oxigênio é transportado pelo sangue, podemos afirmar também que a isquemia é causada por falta total de fluxo sanguíneo. Dessa forma uma isquemia cerebral pode provocar "derrame", isquemia da artéria renal, pode provocara insuficiência renal aguda, isquemia mesenterica pode causar abdômen agudo e isquemia das coronárias podem provocar Infarto do miocárdio.

- Existe diferença entre Angina e Infarto ?
     Sim existe, pois a angina seria uma dor de curta duração mas que pode ser repetitiva, geralmente de 1 a 2 minutos, após o qual desaparecem completamente os sintomas. Ela é causada por um vaso espasmo ( contrição temporária da coronária ) , cortando o fluxo sanguíneo e conseqüentemente o fluxo de oxigênio ao miocárdio.
     Enquanto no Infarto a dor do mesmo tem características próprias, ou seja a dor é intensa em opressão ou peso, mas com duração prolongada, geralmente mais de 10 minutos a horas, acompanhado freqüentemente de mal estar geral e indefinido com ânsia de vômitos ou vomitando, com palidez intensa e sudorese fria com tontura e pressão baixa.
     Nesse caso, a dor é causada por obstrução total das coronárias permanentemente, levando a falta total de sangue e oxigênio ao coração.

- Podemos considerar a Angina como Pré Infarto?
     Sim, a Angina é prenúncio de Infarto. A sua presença significa que as coronárias estão obstruídas temporariamente, causada provavelmente por um vaso espasmo, mas logo o fluxo sanguíneo é restabelecido, desaparecendo as dores. Portanto é nesse momento é que devemos procurar rapidamente um cardiologista para que se possa evitar o Infarto.

- Qual é a gravidade da Angina ?
     Pelas explanações acima descritas a angina é um prenúncio de Infarto, portanto ela é um sinal importante que deve alertar o indivíduo a ir ao cardiologista o quanto antes. Embora seja uma obstrução temporária das coronárias, devemos tomar certos cuidados nesse momento, como manter-se em repouso absoluto, não andar rapidamente, se acalmar, não ingerir café ou álcool e se tiver disponível um calmante ela poderá ser empregado, até chegar ao hospital mais próximo.

- Qual é a gravidade do Infarto ?
     No caso do Infarto, o quadro clínico quando for diagnosticado pelo médico, indica alto grau de risco á saúde, quando não tratado prontamente poderá levar á morte. Pois neste caso existe obstrução total permanente das coronárias, os quais poderão levar a choque ( Pressão baixa ), arritmias e parada cardíaca.

- Porque o tratamento do Infarto deve ser feito dentro de 6 horas do i nício da dor ?
     É por causa do grau de reversibilidade ou irreversibilidade da obstrução das coronárias.Quanto mais precoce o médico utilizar um medicamento chamado de "Substâncias Trombolíticas" como a Estreptoquinase e seus derivados, maior é a chance de remover este coágulo que foi formado e portanto maior é a chance de ser restabelecido o fluxo sanguíneo e oxigênio nas coronárias evitando desse modo complicações.

- Quais são as complicações mais freqüentes do Infarto ?
     As principais complicações do Infarto são as seguintes:
        a) Arritmia Cardíaca. ( coração bate descompassado ).
        b) Choque Cardiogênico ( pressão baixa ).
        c) Insuficiência Respiratória.
        d) Insuficiência Renal.
        e) Parada Cardiorespiratória.
.